Memoirs

Surgindo em 1997 a API Java Servlet proporciona ao desenvolvedor a possibilidade de adicionar conteúdo dinâmico em um servidor web usando a

Description
servlet Surgindo em 1997 a API Java Servlet proporciona ao desenvolvedor a possibilidade de adicionar conteúdo dinâmico em um servidor web usando a plataforma Java. Os servlets normalmente utilizam o protocolo
Categories
Published
of 21
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
servlet Surgindo em 1997 a API Java Servlet proporciona ao desenvolvedor a possibilidade de adicionar conteúdo dinâmico em um servidor web usando a plataforma Java. Os servlets normalmente utilizam o protocolo HTTP, apesar de não serem restritos a ele. Um servlet necessita de um container Web para ser executado. Uma ideia inicial de servlet seria que cada uma dela é responsável por uma página, sendo que ela lê dados da requição do cliente e responde com outros dados. Cada servlet é, portanto, um objeto Java que recebe tais requisições(request) e produz algo(response), como uma página HTML dinamicamente gerada. Como criar um Servlet - Java Web Para criar um Servlet é necessário que as seguintes ferramentas estejam instaladas: Java: JDK java se Development Kit 1.6( com/technetwork/java/javase/downloads/index.html) Eclipse:( Servidor Web: Apache Tomcat 7.0( Certo de ter as ferramentas necessárias instaladas, siga os passos abaixo: 1 - Inicie o Eclipse Helios. Ao iniciar, defina um local de sua máquina como Workspace e feche a janela de boas vindas. 2 - vá no menu File - New - Other para iniciar um novo projeto: 3 - O servlet deve fazer parte de um tipo de projeto que roda na Web. Neste caso selecione a opção Dynamic Web Project. 4 - Na janela de criação do projeto, preencha o campo Project Name com o nome do seu projeto. No exemplo foi colado ExemploServlet. Selecione runtime o Webserver no qual a aplicação web rodará e clique em Next. 5 - na janela que aparecer, clique em next novamente: 6 - Na janela para configurar o Web Module você determina o nome da pasta que armazenará os arquivos da Web(paginas, xml). No meu exemplo não alterei os campos e cliquei em Finish. 7 - com a perspectiva do Java EE habilitada no eclipse, é possível ver na janela Project Explorer a estrutura do projeto: 8 - vamos criar um pacote(package) para armazenar a nossa classe Servlet( classe com o código Java do Servlet - a inteligencia do Servlet). Clique com o botão direito do mouse sobre Java Resouces: src e selecione, New - Package: 9 - Determine o nome do seu pacote. A hierarquia dos pacotes são definidos colocando o caracter ponto(. ). No exemplo eu coloquei o nome com. sevlet, na herarquia temos com, depois servlet. Em seguida clique em Finish: 10. O seu pacote aparecerá aguardando a criação de pacotes dentro. 11. Para criar uma classe dentro de um pacote com.servlet, clique sobre o pacote e selecione New- Class: 12. Na janela de criação da nova classe, digite o nome da classe no campo name. Veja que o campo Package já preenche o nome do pacote que estamos criando. Em seguida clique em Finish: 13 - Ao criar a classe, ela automaticamente será aberta na área à direita do Eclipse. É possível já editar o seu código. Para que esta classe seja utilizada por um Servlet, coloque o import da classe HttpServlet e extenda a classe para HttpServlet. 12. 14. Para programar o que o Servlet retornará, é necessário faze-lo dentro do método doget. A assinatura deste método objetos do tipo HttpServletRequest(Request) e HttpServletResponse (Response), que são responsaveis por ler o que foi recebido para processar e por escrever a saída ao utlizador. A classe exige tratamento às excessões ServletException e IOException, desta forma foi colocado o throws. Criação do objeto out, que é o tipo PrinterWriter, inicializado pelo método GetWriter() do objeto response. Este objeto out será o objeto que fará a escrita de saída para o utilizador. 15. Agora como exemplo simples coloquei o código do Servlet para receber um texto de um parâmetro da URL (endereço do http) chamado de nomeurl e guardar na variável String nome. Em seguida o Servlet fará uma saída escrevendo no HTML o texto: O meu nome é xxx (onde xxx é o valor passado na URL e a saída é HTML porque não definimos um Content-type, sendo assim o padrão é HTML). 16 - Com a inteligência do Servlet criada, precisamos agora criar o Servlet no projeto. Isto é feito no arquivo web.xml, que fica dentro do Diretório Web, dentro de WEB-INF: 17 - O código do web.xml possui definição do que é reconhecível pelo nosso projeto Web. Inicialmente ele está parecido com a imagem abaixo: 18 - Crie dentro da tag web-app (entre web-app e /web-app ) as sub-tag: servlet /servlet : Um projeto pode ter vários Servlets, cada um com sua tag servlet . Aqui colocaremos as configurações do nosso servlet, como nome, a classe que tem o código Servlet, etc. servlet-mapping /servlet-mapping : Aqui colocaremos as configurações de endereço que mapeia este Servlet. Como eu quero que seja o endereço na URL que acessa o Servlet. Dentro da tag servlet (entre servlet e /servlet ) crie as subtags servlet-name servlet-name : Aqui determinamos um nome para o nosso Servlet, no exemplo eu coloquei com_servlet_exemploservlet, poderia ser qualquer nome, desde que não utilizado por outro Servlet neste projeto. servlet-class servlet-class : Aqui determinamos a classe que o Servlet utiliza como inteligência (que possui o doget, dopost, etc). No exemplo coloquei o nome da classe que criei considerando o seu pacote com. servlet.exemploservlet. Dentro da tag servlet-mapping crie as subtags servlet-name servlet-name : Coloque aqui o nome do Servlet, um servlet-mapping pode ser de qualquerservlet em seu projeto, o nome o relaciona a qual servlet é o mapping. url-pattern /url-pattern : Coloque o endereço que você quer que seja acessado seu Servlet. No exemplo eu defini /AcessoServlet como endereço. Poderia ser qualquer texto aceitável como URL. Assim acessaremos o Servlet como por exemplo Coloquei dentro da tag servlet um parâmetro load-on-startup como 1, isso faz com que o Servlet esteja disponível assim que a aplicação é iniciada no Webserver. 19 - Vamos agora rodar o projeto. Para isso, sendo a primeira vez que rodamos este projeto, precisamos adicioná-lo ao servidor web (Tomcat) como um novo projeto. Vá na guia Servers do Eclipse e encontre o Tomcat: 20 - Clique com o direito sobre o Tomcat e selecione Add and Remove: Na janela de Add and Remove, selecione o projeto: 21 - Clique em Add : 22 - Clique em Finish: 23 -Agora vamos iniciar o Webserver. Clique com o direito sobre o Tomcat e clique em Start: 24 - Quando o status aparecer Started, Synchronized, vá até seu navegador 25 - Digite o endereço do tomcat /exemploservlet/acessoservlet (Onde porta do tomcat é a porta configurada na instalação do tomcat. ExemploServlet é o nome da minha aplicação e AcessoServlet é o Servlet- Mapping configurado no web.xml). Ao rodar o Servlet no navegador, como não passamos nenhum parâmetro nomeurl (vide passo 15), então aparecerá O meu nome é: null no retorno do html::
Search
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x