Documents

Tutorial de Programação Assembly Para Microcontroladores PIC - Partes 1 a 7

Description
Tutorial
Categories
Published
of 166
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  Tutorial de Programação Assembly para Microcontroladores PIC - Parte 1  –  Pisca LED 1 Introdução Este tutorial foi feito para as pessoas que têm a eletrônica como diversão e desejam aprender a utilizar microcontroladores em seus projetos. Também sou um entusiasta da eletrônica e gosto de entender como as coisas funcionam. Por isso, escrevo os programas para os microcontroladores em linguagem Assembly. Se você é como eu, creio que gostará deste tutorial. Boa leitura! Mulder_Fox Membro do fórum de Eletrônica do Clube do Hardware http://forum.clubedohardware.com.br/eletronica/f39 Parte 1 Pisca LED  Nesta primeira parte, vamos montar um circuito para fazer um LED piscar numa frequência de aproximadamente um Hz. Vamos utilizar o microcontrolador PIC16F628A, um dos modelos mais usados hoje em dia. Figura 1  Tutorial de Programação Assembly para Microcontroladores PIC - Parte 1  –  Pisca LED 2 Os microcontroladores precisam de um sinal de clock para funcionar, mas muitos modelos possuem a alternativa de usar um circuito oscilador interno para gerar esse sinal. Este é o caso do PIC16F628A, onde podemos escolher a frequência de 48 KHz ou a de 4 MHz. A configuração do oscilador interno como fonte do sinal de clock e a sua frequência são feitos no programa que é gravado no PIC. Antes de escrevermos o programa para o microcontrolador, vamos desenhar o esquema do circuito. Segundo consta no datasheet do PIC16F628A, a sua tensão de alimentação  pode ser de 3 v até 5,5V, sendo que com 3 v, a frequência máxima do sinal de clock é de 10 MHz enquanto que a partir de 4,5V é de 20Mhz. Vamos utilizar um regulador de tensão LM7805 para fornecer uma tensão de 5 v a partir de 9 v. Além do LM7805 e do PIC16F628A iremos utilizar um LED e um resistor  para limitar sua corrente, que serão ligados diretamente no pino do PIC, já que ele tem a capacidade de fornecer a corrente necessária para o LED. Mas, em qual pino do PIC iremos ligar o LED? O PIC16F628A possui 15 pinos que podem ser usados como entrada ou saída: RA0, RA1, RA2, RA3, RA4, RA6, RA7, RB0, RB1, RB2, RB3, RB4, RB5, RB6 e RB7 e 1  pino que só pode ser usado como entrada: RA5. O pino RA4 é o único que, quando configurado como saída, é do tipo open drain, ou seja, a carga conectada a este pino deve estar ligada ao positivo da alimentação. É possível fazer com que resistores de pull-up integrados no PIC sejam conectados nos pinos RB0, RB1, RB2, RB3, RB4, RB5, RB6 e RB7, individualmente, para o caso de um ou mais destes pinos estarem sendo usados como entrada, economizando, desta forma, o uso de resistores externos. Veremos como fazer isto em outra parte deste tutorial. Antes de definirmos qual pino iremos utilizar, precisamos saber se as características do pino atendem às nossas necessidades.  No nosso circuito precisaremos de um pino que possa ser usado como saída e, portando, temos 15 à nossa disposição. Podemos escolher qualquer um deles, por exemplo, o RA0. Portanto, o esquema do circuito ficou assim: Figura 2  Tutorial de Programação Assembly para Microcontroladores PIC - Parte 1  –  Pisca LED 3 Definido o esquema do circuito, vamos elaborar o fluxograma do programa que iremos gravar no PIC. O fluxograma é uma representação gráfica de como o programa se comporta conforme as possíveis situações. Com o fluxograma, fica mais fácil escrever o programa. Eis o fluxograma do nosso programa: Início Configuração dos registradores Indica o início Indica uma subrotina   Inicialização das variáveis Passou 0,5 segundo? não sim Acende LED LED está aceso? Apaga LED sim não  Tutorial de Programação Assembly para Microcontroladores PIC - Parte 1  –  Pisca LED 4 Indica uma decisão Indica acesso a um dispositivo de I/O Agora podemos começar a escrever o programa utilizando o software MPLAB IDE da Microchip. Faça o download do MPLAB IDE do site da Microchip e instale em seu computador. A última versão disponível na data que foi escrito este tutorial é a 8.63.00.00. A tela inicial do MPLAB IDE pode ser vista na figura 3.  No menu “File”, clique em “New”.    Novamente, no menu “File”, clique em “Save As...” e escolha um nome pa ra o arquivo, com a extensão .asm. Por exemplo: Pisca LED .asm. Figura 3 Primeiramente vamos criar um cabeçalho onde irá constar o nome do  programa, sua versão, o nome do autor e a data de conclusão, ficando assim:
Search
Tags
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks
SAVE OUR EARTH

We need your sign to support Project to invent "SMART AND CONTROLLABLE REFLECTIVE BALLOONS" to cover the Sun and Save Our Earth.

More details...

Sign Now!

We are very appreciated for your Prompt Action!

x