Slides

A corrente pedagógica racional tecnológica e a cibercultura

Description
1. A corrente pedagógica racional tecnológica e a cibercultura André Luis de Oliveira da Silva Curso de Novas Tecnologias na Educação Matemática 2015 2. O que é a…
Categories
Published
of 13
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. A corrente pedagógica racional tecnológica e a cibercultura André Luis de Oliveira da Silva Curso de Novas Tecnologias na Educação Matemática 2015
  • 2. O que é a corrente pedagógica Racional-tecnológica? • Segundo (Libâneo), essa corrente corresponde a concepção que tem sido designada de neotecnicismo e está associada a uma pedagogia a serviço da formação para o sistema produtivo. Pressupõe a formulação de objetivos e conteúdos, padrões de desempenho, competências e habilidades com base em critérios científicos e técnicos.
  • 3. Metodologicamente falando, essa corrente pedagógica se caracteriza pela introdução de técnicas mais refinadas para a inclusão do conhecimento, com o uso de tecnologias, como o uso de computadores, tablets, internet e etc.
  • 4. Esta corrente pedagógica se diferencia da tradicional porque busca o seu fundamento na racionalidade técnica e instrumental, visando desenvolver habilidades e competências para formar o técnico.
  • 5. Também há uma derivação desta concepção que é o currículo por competências que na visão economicista, a organização do currículo resulta dos objetivos assentados nas habilidades a serem dominadas pelos alunos durante a sua formação.
  • 6. Esta corrente pedagógica se apresenta sob duas modalidades: o ensino de excelência e o ensino tecnológico. • No ensino de excelência forma-se a elite intelectual e técnica para o sistema produtivo. • No ensino tecnológico, forma-se a mão de obra intermediária, que tem foco na educação intermediária e eficaz para o mercado de trabalho e centra-se no conhecimento em função da sociedade tecnológica.
  • 7. Nas concepções desta corrente pedagógica, segundo (Libâneo), tem a centralidade no conhecimento em função da sociedade tecnológica, transformação da educação em ciência (racionalidade cientifica) produção do aluno como um ser tecnológico, utilização mais intensiva dos meios de comunicação, informação e do aparato tecnológico.
  • 8. O que é Cibercultura? A cibercultura é a cultura contemporânea estruturada pelo uso das tecnologias digitais em rede nas esferas do ciberespaço e das cidades. Compreendemos tais esferas como espaços-tempos cotidianos de ensino aprendizagem, que preferimos nomear de redes educativas ou espaços multirreferenciais de aprendizagem. Redes educativas são espaços-tempos que se instituem em múltiplos contextos, nos quais vamos tecendo o conhecimento (Alves, 2010).
  • 9. • Temos que considerar que os alunos de hoje, já são praticantes da cibercultura, que está difundida no mundo todo. • A cibercultura tem o poder de potencializar uma informação ou ideia. • Temos acesso a qualquer informação em qualquer lugar do mundo, a cibercultura faz com que sempre estejamos conectados uns aos outros e compartilhando informações a todo momento. • O ciberespaço pode ser considerado um espaço de aprendizagem, pois possibilita a interatividade com diversas culturas, linguagens, tecnologias, grupos e etc.
  • 10. A utilização da Cibercultura na corrente pedagógica Racional-tecnológica Segundo esta corrente pedagógica, as tecnologias devem ser amplamente utilizadas para a formação do cidadão, porem não basta apenas a sua utilização, é necessário que o currículo atenda as necessidades da cultura do nosso tempo, no qual não apenas transmita conhecimento, mas que contribua para a formação do cibercidadão, que tenha conteúdos contextualizados e voltados para o mercado de trabalho moderno e tecnológico.
  • 11. Com a utilização da tecnologia no currículo, devem ser propiciados aos alunos, o uso de computadores no ensino, com a utilização de softwares com foco pedagógico, que possibilite a construção do conhecimento e descobertas. Também deve haver a utilização das mídias digitais, que possa garantir tanto ao aluno e ao professor, uma poderosa ferramenta de disseminação do conhecimento, interação entre os alunos e novos recursos para a formação educacional em tempos de grandes tecnologias e informação.
  • 12. Conclusão Podemos concluir que a cibercultura é uma área com grande potencial para a aplicação da corrente pedagógica racional tecnológica e atende as suas exigência, que é garantir a inserção do aluno em uma formação refinada, técnica e atualizada, deixando-o preparado para o mercado de trabalho com alta especialização e preparo. Para está ação ocorrer, o ensino deve estar voltado para o uso destas tecnologias, mídias digitais e recursos que farão a inclusão do aluno para a realidade tecnológica.
  • 13. Referências: • Libâneo, José Carlos, As teorias Pedagógicas Modernas resignificadas pelo debate contemporâneo na educação; • Santos, Edméa, A Cibercultura e a Educação em tempos de mobilidade e redes sociais: conversando com os cotidianos. • Imagem 1: www.portalamazonia.com.br • Imagem 2: www.estudeadistancia.com.br • Imagem 3: www.portalveneza.com.br
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks