Comics

A Escola de Chicago

Description
A Escola de Chicago
Categories
Published
of 10
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC – CAMPUS SANTO ANDRÉPROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS ESCOLA DE CHICAGO A impor!"#i$ %$ E&#o'$ %( C)i#$*o p$r$ o&E&+%o& (m Ci,"#i$& H+m$"$& ( So#i$i& Paula Nogueira03/06/2014  ESCOLA DE CHICAGOA importância da Escola de Chicago para os Estudos em Ciências Humanas e Sociais Paula Nogueira 1 RESUMO: Este artigo apresenta o surgimento da Escola de Chicago e sua importânciapara as Ciências Humanas e Sociais. Traçase um di!logo entre estudiosos epes"uisadores "ue e#altam a importância da instituiç$o mencionada a partir de an!lises deartigos produ%idos por eles& contendo esse t'pico. O em(asamento te'rico& portanto& )centrado nos autores Ho*ard +ec,er& Heitor -rgoli /r. e 0il(erto 1elho. O crit)rio deseleç$o se deu em 2irtude da pertinência dos temas tratados pelos autores com relaç$o 3Escola de Chicago como parte integrante da hist'ria da sociologia& (em como do estudoamplo de temas sociais. 4 an!lise dos te#tos resulta na e2idente compro2aç$o danecessidade e importância da discuss$o a respeito do surgimento e das pr!ticas da Escolade Chicago no "ue di% respeito 3s Ciências humanas e Sociais. 54641R4SCH41E: Escola de Chicago. Sociologia. Ciências Humanas e Sociais. 4 importância da Escola de Chicago ainda de2e ser apresentada como ponto7undamental de re7le#$o "ue possi(ilita no2os olhares em pes"uisas relati2as 3s CiênciasHumanas e Sociais. 8 um t'pico amplamente de(atido& "uando se 7ala em estudossociol'gicos& principalmente no "ue di% respeito aos estudos do ur(ano. Contudo& 2aleressaltar "ue n$o h! como desligar estudos da cidade de estudos do indi29duo& ou dastrans7ormaçes dos pensamentos predominantes e 2ariantes& das causas e conse"uênciasdas mudanças ou n$o mudanças internas ou e#ternas aos indi29duos e aos am(ientes.So( in7luência do soci'logo alem$o 0eorg Simmel& ) na Escola de Chicago "ueencontramos grandes pensadores contri(uindo para o desen2ol2imento da sociologia&antropologia& criminalidade& economia etc.  Cientistas como& Homer Ho;t& <illiam =.Thomas& -lorian >naniec,i& Ro(ert E. 5ar,& 6ouis <irth& Ernest +urgess& E2erett Hughes eRo(ert Mc?en%ie.8 importante citar n$o apenas o surgimento do pensamento so(re a sociedade mas&tam()m& a hist'ria das instituiçes "ue 7oram (erço para isso @ Apor"ue nenhuma ideiae#iste por si mesma& em um 2!cuoB as ideias s' e#istem por"ue s$o le2adas adiante por  -   E-mail: paula_ndf@hotmail.com. aluna especial da disciplina “TEOR! "ocial #ontempor$nea%& ministrada pelas professoras !na 'eila (. Pine)i* #amila Nunes +ias* (arilda (ene)es& na ,niersidade ederal do !/# 0 ,nidade"anto !ndr.  pessoas "ue tra(alham em organi%açes "ue perpetuam essas ideias e as mantêm 2i2asD+EC?ER& FFG:G.Em IFJ& 4 Uni2ersidade de Chicago rece(eu grande doaç$o de /ohn K.Roc,e7eler& um milion!rio americano da indstria do petr'leo. La )poca& a uni2ersidadeainda esta2a com um grupo pe"ueno de pro7essores. 4(ion Small& um deles& 7undou odepartamento de sociologia e a primeira re2ista da !rea nos Estados Unidos& a  AmericanJournal of Sociology  . Small preocupa2ase& assim como outros estudantes "ue setrans7eriram para a instituiç$o& com o pro(lema "ue ad2inha do crescimento das grandescidades& a po(re%a& a imigraç$o& al)m de pro(lemas como a eugenia Dna"uele momento&uma preocupaç$o. O departamento ainda o(te2e cola(oraç$o de <illiam =. Thomas& autor de tra(alhos so(re po(re%a e imigraç$o "ue audaram no desen2ol2imento dodepartamento.Os tra(alhos desta instituiç$o 2aliamse& principalmente& da cidade ao seu entorno"ue 7unciona2a como la(orat'rio de pes"uisa. La"uele per9odo& os Estados Unidosti2eram sua populaç$o duplicada e os nmeros apontam para N milhes de imigrantesmudandose para o pa9s. Em Lo2a or, e Chicago& por 2olta de JGP da populaç$o eramimigrantes em (usca de uma 2ida melhor& ser2indo ao conte#to de 7orte industriali%aç$o eur(ani%aç$o. 4 cidade de Chicago so7reu grandes trans7ormaçes neste 7inal do s)culo Q=Qe in9cio do QQ @ a cidade colonial da2a lugar 3 cidade grande& rece(endo imigrantes dedi2ersos lugares& resultando no nascimento das& chamadas na )poca& Apatologias sociaisDgra2es pro(lemas sociais& la(orais e de sade p(lica. 4 Escola de Chicago pode ser considerada como escola de atividade  e n$o de  pensamento . 4"uela& conceitua um grupo de pessoas "ue tra(alham untas& mesmo so(orientaçes te'ricas di7erentesB en"uanto esta de7ine um grupo de pessoas "ue pensamde modo semelhante D+ec,er& FF.Merece desta"ue tam()m Ro(ert E. 5ar,& organi%ador da Uni2ersidade na !rea deciências sociais. Ele escre2eu um ensaio so(re a cidade e resumiu a importância desteestudo assim: Ahoe& o mundo inteiro ou 2i2e na cidade ou est! a caminho da cidadesBent$o& se estudarmos as cidades& poderemos compreender o "ue se passa no mundo. 4tualmente& os estudos ur(anos de sociologia&   e tam()m de antropologia egeogra7ia ur(anas e de ur(anismo& apresentam in7luência do "ue se produ%iu pelo grupode pes"uisadores na Escola de Chicago. Lotase "ue muitos dos termos hoe utili%ados  para estudar os 7enmenos sociais& conceitos sociol'gicos& 7oram herdados da Escola deChicago& da primeira d)cada do s)culo QQ& tal sua importância. 4 in7luência caminha por pes"uisas so(re o empreendimento imo(ili!rio& a 2erticali%aç$o dos centros ur(anos&eno(recimento em !reas de reno2aç$o& os estudos relati2os 3s !reas de segregaç$o& a2iolência& a criminalidade& e& ainda& a "uest$o dos imigrantes em grandes centros ur(anos.So(re este ltimo& lem(remos "ue se retomaram categorias te'ricas recentemente naEuropa& mas pouco se modi7icou do "ue o(ser2aram na Escola de Chicago.+uscase& portanto& neste artigo a2aliar a importância da Escola de Chicago nosatuais estudos cient97icos a respeito& principalmente& da "uest$o do ur(ano& para ressaltar "ue a ati2idade de pes"uisa social& sendo ela emp9rica ou n$o& tem in7luência dos estudosdesen2ol2idos na Escola de Chicago e ainda pode encontrar muitas respostas na re7le#$oso(re os m)todos utili%ados nesta.Kessa 7orma apresento o di!logo por meio do "ual (usco criar relaçes com essaimportância. Três estudiosos s$o a(ordados. Eles demonstram tal importância& mostrandocomo ela inda in7luencia os estudos atuais na !rea sociol'gica& antropol'gica e outras. 5ara contemplar este estudo 7e%se necess!rio ler e analisar artigos dos te'ricosmencionados& aliandose a isso as re7le#es e#postas por outros estudantes einterpretaçes em grupo dos artigos. 4ssim& desen2ol2endo a articulaç$o entre os três. 4 articulaç$o a"ui e#posta ) 7ruto das an!lises dos artigos de Ho*ard +ec,er& Conferência: A Escola de Chicago B Heitor -rgoli /r.& O Urbano em questo naantropologia: interfaces com a sociologia B 0il(erto 1elho& O !uturo das Ciências Sociais ea "mport#ncia de seu $assado .Ho*ard +ec,er disse& em sua Con7erência so(re a Escola de Chicago& "ue Aahist'ria da sociologia& como hist'ria das ideias e teorias& começou& tal2e%& em algummomento do s)culo Q=Q D+ec,er& FFG& e& no entanto& ele a7irmou tam()m "ue h! de secontar tam()m a hist'ria das pr!ticas sociol'gicas e a das instituiçes. E nessa instituiç$o&o desen2ol2imento na !rea sociol'gica 7oi t$o intenso "ue 7e% com "ue muitas outras !reas @ economia& hist'ria& pol9tica etc  tomassem como ponto de estudo a cidade de Chicago.Tudo isso& de2ido ao modo como ela 7oi o(ser2ada pelos soci'logos e antrop'logos&principalmente por 5ar,& e pelas trans7ormaçes sociais pelas "uais passa2a. 5ar,desen2ol2eu tra(alhos so(re a relaç$o entre a cidade e campo "ue ser2iram de (ase paraos no2os cientistas 7ormados ali.  Um dos alunos de Ro(ert 5ar,& o soci'logo estadounidense Konald 5ierson DFGGFFJ& destacouse na an!lise das relaçes raciais no +rasil& mas precisamente na +ahia&so( in7luência do ensaio de 5ar, so(re o homem marginal. Kepois& ministrou aulas eorientou pes"uisas importantes so(re a sociedade (rasileira na Escola de Sociologia e5ol9tica de S$o 5aulo at) FJF. 4l)m deste& outros alunos de 5ar, tam()m le2aram suasideias adiante& a(rindo espaço para a sociologia em di2ersos lugares do mundo. =ssomostra a disseminaç$o das ideias "ue surgiram na"uela instituiç$o e sua a(rangência.Keri2am do pensamento de 5ar, e de seus alunos& os estudos so(re teoria do ur(anismoe o estudo das sociedades ur(anas e todos os t'picos relacionados a esses. Mas mudanças culminaram na di2is$o do Kepartamento de Sociologia e 4ntropologia da Escola de Chicago& ap's  anos de tra(alhos 2oltados para a sociedademodernocontemporânea. Sa(emos "ue o pro7essor Heitor -rgoli /r& do Kepartamento de 4ntropologia da Usp& ainda sugere o tema da cidade de maneira mais su(stancial&tentando a(rir di!logo entre as !reas da antropologia e da sociologia& anteriormenteunidas.Segundo& -rgoli /r.& hoe& as perspecti2as antropol'gica e sociol'gica so(re acidade podem ser parecidas& pois en7ocam o mesmo o(eto algumas 2e%es. La Escola deChicago& os estudos etnogr!7icos 7oram reali%ados primeiramente por soci'logos& mas2ieram posteriormente a ser melhor e"uacionados pela antropologia propriamente dita. Eele con7irma "ue a Escola de Chicago 7oi a primeira a 7a%er estudo utili%ando a cidadecomo o(eto& al)m de& inclusi2e& ser ela respons!2el pela 7ormulaç$o da Aconcepç$oVespaciali%ada do socialW e& reciprocamente& Asociali%ada do espaço. -rgoli /r. teori%a so(re o tema da peri7eria em S$o 5aulo nas d)cadas de FG eFIG em um artigo intitulado: AO Ur(ano em "uest$o na antropologia: inter7aces com asociologia. Lesse artigo ele retoma a Escola de Chicago para mostrar a decorrência dosm)todos e de como ) poss92el analisar o o(eto escolhido por ele contrapondo o "ue ! 7oi7eito no passado& e apresentando di2ersas teorias importantes desen2ol2idas na Escola.Em A5eri7eria paulistana na passagem dos anos G para os IG: no2os contrapontosentre antropologia e sociologia& o autor destaca a an!lise so(re interlocuçes entre oscampos antropol'gico e sociol'gico. 4ponta& primeiramente& a 7orça de uma linhasociol'gica mar#ista "ue critica2a o culturalismo da Escola de Chicago& em (usca dee#plicaçes Amacroestruturais para as "uestes do ur(ano. Os mo2imentos sociais por 
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks