Slides

A pele humana

Description
1. A PELE HUMANA Ela é composta portrês camadas: epiderme,derme e telasubcutânea. É o maiorórgão docorpo humano. Serve de proteção. EPIDERME A epiderme é aparte…
Categories
Published
of 4
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. A PELE HUMANA Ela é composta portrês camadas: epiderme,derme e telasubcutânea. É o maiorórgão docorpo humano. Serve de proteção. EPIDERME A epiderme é aparte maisexterna; A únicaque estáem contatocom o meioambiente; Temimportante funçãode protetorado organismocontraos danoscausadospor agentes externos. Ela é composta portecidoepitelial. Contémosmelanocitos; DERME A derme é formadapor tecidoconjuntivo; É ricamente vascularizado; Estão presentesalgumasglândulas(sudoríparas,sebáceas),terminaçõesnervosase folículos pilosos; HIPODERME Por último,vematelasubcutânea,tambémconhecidacomohipoderme,estaé compostapor célulasgordurosas. Ela é responsável pelareservade nutrientes,proteçãodosvasose nervos localizadosnos níveismaisprofundos.
  • 2. Tipos de pele Tipo de pele Principais características Pele oleosa - Alta produção de secreções sebáceas e sudoríparas - Aparência espessa, úmida e brilhante - Resiste mais à ação do tempo Pele seca - Pouca produção de líquido pelas glândulas sebáceas e sudoríparas - Aparência opaca e de espessura fina - Propensa ao aparecimento de rugas precoces e vasinhos. Pele normal - Produção de gordura na quantidade certa - Aparência lisa, aveludada e viçosa, com elasticidade e brilho com poros impercepríves - Raramente apresenta espinhas e cravos Pele acnéica - Pele muito oleosa e brilhante - Áreas inflamadas, com presença de cravos e espinhas - Grande produção das glândulas sebáceas e sudoríparas Pele sensível - Pele frágil, fina e facilmente irritável - Fica avermelhada com facilidade com agentes externos como sol, cosméticos, variações climática etc - Peles claras tendem a apresentar maior sensibilidade Fonte foto:http://www.maisquebeleza.com/peleest.htm
  • 3. TECIDO EPITELIAL DE REVESTIMENTO O tecido epitelial de revestimento reveste toda a superfície externa do corpo (epiderme) e as cavidades corporais internas. Caracteriza-se por ser um tecido avascular, ou seja, sem a presença de vasos sanguíneos e por possuir um aglomerado de células epiteliais poliédricas e justapostas, com o mínimo ou nenhum espaço intracelular entre elas. Estas células encontradas no tecido epitelial que estão em constante processo de renovação variam em uma ou mais camadas e possuem formatos diversificados. Podem ser pavimentosas (Células achatadas com forma poligonal), cúbicas (Formato de cubo) e cilíndricas (Formato cilíndrico. São mais altas que largas). O tecido epitelial de revestimento é separado do tecido subjacente (tecido conjuntivo) por uma fina camada de fibras, denominada membrana basal, que é formada basicamente por colágeno tipo IV, laminina e proteoglicanas, que são produzidos em parte pelas próprias células epiteliais e em parte pelas células do tecido conjuntivo, especificamente células denominadas fibroblastos. Pelo fato do tecido epitelial ser desprovido de vasos sanguíneos, a sua nutrição depende da difusão de oxigênio e de metabólitos a partir dos tecidos subjacentes. Uma das principais funções do tecido epitelial de revestimento é a de proteção. Ele funciona como uma verdadeira armadura para o corpo. Podemos classificar o tecido epitelial de revestimento de acordo com as camadas de células que o constitui em: 1) Simples, Uniestratificado ou Monoestratificado: Possui apenas uma camada de células. Neste tecido a base de cada célula é anexada a uma base da membrana basal, enquanto a extremidade apical esta voltada para superfície livre. O tecido epitelial de revestimento simples pode ser dividido em:  Epitélio simples pavimentoso: Reveste a Cápsula de Bowman, localizada no rim, como também reveste os vasos (endotélio).  Epitélio simples cúbico: Este tipo de epitélio é encontrado na parede dos folículos da tireóide, como também nos túbulos contorcidos do rim.  Epitélio simples cilíndrico: Encontrado em grande parte no aparelho digestivo, revestindo o estômago, intestino delgado e intestino grosso, como também reveste outros órgãos como a vesícula biliar, etc. 2) Estratificado ou Pluriestratificado: Neste tecido existem duas ou mais camadas de células, sendo que algumas estão fixas a membrana basal e as outras estão sobrepostas umas ás outras, formando vários extratos. O tecido epitelial de revestimento estratificado pode se subdividir em:  Epitélio pavimentoso estratificado: Neste tecido existe uma camada superficial de queratina, como é o caso da pele. No entanto reveste outras áreas, porém sem queratina, como no caso do esôfago que é revestido por epitélio pavimentoso estratificado não queratinizado.  Epitélio cúbico estratificado: Possui células epiteliais com formato cúbico em diversas camadas.
  • 4.  Epitélio estratificado de transição: Este tipo de epitélio caracteriza-se por ter as células mais superficiais com formatos diversificados. É encontrado na bexiga e no ureter. 3) Pseudo-estratificado: As células presentes neste tipo de tecido parecem dispor-se em camadas, dando a falsa impressão de se tratar de um tecido estratificado. No entanto é constituído por somente uma camada de células que se prendem à membrana basal, porém com tamanhos diferenciados. Este tipo de epitélio é encontrado na traquéia, fossas nasais e brônquios, e as células possuem cílios bem desenvolvidos, que tem a função de remoção de partículas estranhas oriundas do ar. Em indivíduos fumantes estes cílios perdem sua capacidade de funcionar corretamente.
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks