Slides

A plantinha do amor

Description
1. A PLANTINHA DO AMOR 2. Hoje, ao acordar, verifiquei que a plantinha do amor estava tão murchinha... resolvi aguar, tirar as folhinhas secas, acariciar as tenras que…
Categories
Published
of 7
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. A PLANTINHA DO AMOR
  • 2. Hoje, ao acordar, verifiquei que a plantinha do amor estava tão murchinha... resolvi aguar, tirar as folhinhas secas, acariciar as tenras que nasciam...
  • 3. Cada uma delas, tão macia.era uma lembrança, um dia, um momento,um prazer, uma saudade, uma dor, uma partida,Coloquei mais adubo, Quem sabe, assim o amor viceja, em minha vida, na sua e a gente crie a coragem de se perdoar de se aceitar e buscar ser feliz?
  • 4. E, já pensou, essa plantinha feito uma trepadeira, subindo, subindo,trazendo aquele calor ao coração? Nossa! Será o Paraíso! Quem sabe o amor crie raízes fortes e espalhe alegria, contentamento, e dê frutos saborosos e muita cor à vida... aprendizagem e entendimento!
  • 5. Chegaremos ao céu em plena harmonia e esqueceremos as desditas, os ciúmes, as implicâncias Pediremos a Deus que nos dê bonança e assustaremos aos menos crédulos... Eles não conseguem imaginar que um amor assim delicado e bravo pode um dia se acalmar por que não acreditam na perfeição
  • 6. Nós mostraremos ao mundo que ficamos cansados, enjoados de tanta sofreguidão, mas que conseguimos... vencemos as dificuldades...Viveremos tranquilos e em união!
  • 7. AUTOR:MARGARETE PELICANO IMAGENS:COLHIDAS NA NET CRIAÇÃO:MILTON ZANETTE COLABORAÇAO:MARA CRISTINA www.mensagensvirtuais.com.br
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks