Slides

A rivalidade Luso castelhana

Description
1. A política expansionista de D. João II e a rivalidade luso-castelhana 2. Indicadores <ul><li>Descreve a política expansionista de D. João II.…
Categories
Published
of 38
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. A política expansionista de D. João II e a rivalidade luso-castelhana
  • 2. Indicadores <ul><li>Descreve a política expansionista de D. João II. </li></ul><ul><li>Relaciona o Tratado de Tordesilhas com a rivalidade luso-castelhana </li></ul>
  • 3. Competências <ul><li>Tratamento da informação </li></ul><ul><li>Compreensão histórica: contextualização </li></ul><ul><li>Comunicação em Histórica </li></ul>
  • 4. <ul><li>(...) </li></ul><ul><li>Aqui ao leme sou mais do que eu: </li></ul><ul><li>Sou um Povo que quer o mar que é teu; </li></ul><ul><li>E mais que o mostrengo, que me a alma teme </li></ul><ul><li>E roda nas trevas do fim do mundo, </li></ul><ul><li>Manda a vontade, que me ata ao leme, </li></ul><ul><li>De El-Rei D. João Segundo! </li></ul><ul><li>MENSAGEM , Fernando Pessoa) </li></ul>http://www.youtube.com/watch?v=w1wXLfSJKVQ
  • 5. <ul><li>D. João II - O Príncipe Perfeito </li></ul>
  • 6. <ul><li>Explica a importância da Feitoria da Mina para Portugal? </li></ul>
  • 7. <ul><li>D. João II manda construir a Feitoria da Mina (S. Jorge da Mina) – 1492 </li></ul><ul><li>O mais importante entreposto comercial de toda a África </li></ul>Feitoria de S. Jorge da Mina
  • 8. <ul><li>Estabeleceu o monopólio régio do comércio da costa Africana. </li></ul>
  • 9. <ul><li>Que rumo seguiu a expansão marítima portuguesa, no tempo de D. João II ? </li></ul>
  • 10. Disputas entre Portugal e Castela
  • 11. Plano para descobrir o caminho marítimo para a Índia 1483 1488
  • 12. <ul><li>Paralelamente à exploração da costa africana, D. João II enviou: </li></ul><ul><li>emissários por terra , em 1487, Pero da Covilhã e Afonso de Paiva, para recolherem informações sobre o comércio das especiarias e a navegabilidade do Índico . </li></ul>
  • 13. Memorial a Bartolomeu Dias na África do Sul.
  • 15. <ul><li>Rodeia-se dos melhores astrónomos e cientistas </li></ul>
  • 16. <ul><li>Em que contexto é assinado o Tratado de Tordesilhas? </li></ul>
  • 17. Linha de Alcaçovas (1479) Castela Portugal Tratado de Alcaçovas-Toledo (1479/1480)
  • 22. <ul><li>CRISTOVÃO COLOMBO, ao serviço dos reis de Castela, descobrira um novo continente: a AMÉRICA (1492). </li></ul>
  • 23. Linha de Alcaçovas (1479) Açores Canárias Viagem de ida Viagem de regresso A Viagem de Colombo - 1492 Exerc. 3 da F.T.
  • 24. <ul><li>Portugal foi o primeiro país europeu a empreender a expansão por mar; </li></ul><ul><li>Mas, logo a seguir, Castela também iniciou as suas viagens marítimas. </li></ul>Assim, a rivalidade entre Portugal e Castela sobre o domínio das terras era constante.
  • 25. <ul><li>Já no século XIV, as duas nações ibéricas reivindicavam a soberania sobre as ilhas Canárias e algumas áreas do litoral africano </li></ul>Em 1479 , foi assinado o “Tratado de Alcáçovas” .
  • 26. Portugal desistia de todas as suas pretensões sobre as Canárias; Castela reconhecia aos portugueses o domínio exclusivo dos territórios a sul daquelas ilhas. “ Tratado de Alcáçovas”, 1479
  • 27. <ul><li>D. João II reivindicou a posse dos territórios descobertos, com base no “Tratado de Alcáçovas”; </li></ul><ul><li>Os Reis Católicos reclamavam para si estes territórios, já que foram descobertos por um navegador ao serviço de Castela. </li></ul>
  • 28. Assinatura do Tratado de Tordesilhas - 1492
  • 29. <ul><li>O “ Tratado de Tordesilhas ” (1494) resolve esta questão. </li></ul>Página inicial do tratado. Página final do tratado.
  • 30. Linha de Alcaçovas (1479) Linha de Tordesilhas (1494) Linha de Tordesilhas (1494) Proposta de Partilha (1493) Área de domínio espanhol Área de domínio espanhol Área de domínio Português 1494: Tratado de Tordesilhas Porquê a insistência nas 370 léguas?
  • 31. <ul><li> Todas as terras descobertas e a descobrir para Oriente dessa linha ficariam a pertencer a Portugal ; </li></ul><ul><li> As restantes, a Ocidente , ficavam para Castela . </li></ul>O “Tratado de Tordesilhas” defendia a política do mare clausum , dividindo o mundo em duas partes, partilhadas por Portugal e Castela .
  • 33. RIVALIDADE LUSO-CASTELHANA séc. XIV fez-se sentir no foi agravada em com a disputa das com a descoberta da o problema resolveu-se com As divergências resolveram-se com o instituiram o princípio
  • 34. RIVALIDADE LUSO-CASTELHANA séc. XIV 1492 fez-se sentir no foi agravada em com a disputa das com a descoberta da Canárias América o problema resolveu-se com As divergências resolveram-se com o Tratado de Alcaçovas-Toledo (1479-80) Tratado de Tordesilhas (1494) Mare Clausum instituiram o princípio
  • 35. Conclusão <ul><li>O principal objectivo de D. João II era atingir a Índia por mar, contornando a África; </li></ul><ul><li>Em 1487-88, Bartolomeu Dias dobra o Cabo das Tormentas; a partir daí, passou a chamar-se Cabo da Boa Esperança; </li></ul><ul><li>O “Tratado de Tordesilhas” estabeleceu a divisão do mundo entre Portugal e Castela, preconizando o princípio do mare clausum. </li></ul>
  • 36. <ul><li>O tratado resolvia os conflitos que se seguiram à descoberta do Novo Mundo por Cristóvão Colombo. </li></ul><ul><li>Abre a política do mare Clausum </li></ul>CONSEQUÊNCIAS
  • 37. Fontes: <ul><li>http://www.vidaslusofonas.pt/idade_moderna.htm </li></ul><ul><li>www.arqnet.pt/portal/discursos/novembro03.html </li></ul>
  • Search
    Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks