Slides

A Rosa Branca - Thiago De Mello

Description
1. A rosa branca Thiago de Mello 2. Não me inquieta se o caminho que me coube - por secreto desígnio - jamais floresce. Dentro de mim, sei que existe, oculta, uma rosa…
Categories
Published
of 6
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. A rosa branca Thiago de Mello
  • 2. Não me inquieta se o caminho que me coube - por secreto desígnio - jamais floresce. Dentro de mim, sei que existe, oculta, uma rosa branca. Incólume rosa. E branca.
  • 3. Não pude colhê-la: mal nascera e logo perdi-me nos labirintos do tempo, onde desde então pervago apenas  entressonhando aquilo que sou - e vive no recôncavo da rosa.
  • 4. Sem conhecer-me, padeço o mistério de existir em amargo desencontro comigo mesmo. No entanto, pesar tão largo se apaga quando pressinto: na rosa, mistério não há. Nenhum.
  • 5. Sem medo de trair-me a face, posso morrer amanhã. Extinto o jugo do tempo, olhos nem boca haverá - para a queixa e para a lágrima - se em vez de rosa, de pétala cinza de pétala, apenas existir a escuridão. O vazio. Nada mais.
  • 6. FORMATAÇÃO: Mima (Wilma) Badam [email_address] MÚSICA: Branca (Edu Luke) Interpretação: Violinos Mágicos (Repasse com os devidos créditos)
  • We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks