Slides

A.s

Description
1. Colégio Embraer JuarezWanderley Relatório parcial Alternativas Sustentáveis -Banco Ana Gabriela nº2Turma Stones Fabrício Alvez nº11 Turma Stones Marcos Antônio…
Categories
Published
of 9
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Colégio Embraer JuarezWanderley Relatório parcial Alternativas Sustentáveis -Banco Ana Gabriela nº2Turma Stones Fabrício Alvez nº11 Turma Stones Marcos Antônio nº25 Turma Floyd Melque Natã nº27 Turma Stones
  • 2. Colégio Embraer JuarezWanderley Relatório parcial Alternativas Sustentáveis Banco Ana Gabriela nº2Turma Stones Fabrício Alvez nº11 Turma Stones Marcos Antônio nº25 Turma Floyd Melque Natã nº27 Turma Stones
  • 3. Índice
  • 4.  Introdução O Banco tem por finalidade a administração monetária do projeto Alternativas Sustentáveis, através da distribuição e arrecadação de verba para o desenvolvimento de suas atividades com máxima autonomia. Seu objetivo é Administrar de forma igualitária o capital dos projetos visando a sustentabilidade, mesmo o capital estando em trânsito, mantendo um controle rígido pelo período de 10 dias, sempre cultivando uma comunicação aberta e frequente com os projetos para que os recursos financeiros tenham um aproveitamento o máximo sem que haja problemas. Hipóteses iniciais:Para ultrapassar as nossas dificuldades iniciais, concluímos ser necessário:  Ter como base um pressuposto que pudesse guiar-nos, no caso o conceito de economia sustentável; deveríamos organizar o Banco de forma garantir recursos financeiros até o fim do projeto de Alternativas, prevenindo possíveis crises.  Estabelecer, através de um contrato(vide anexo 1), regras de relacionamento entre o órgão administrativo e os demais grupos;  Instituir gerentes em cada projeto para que este pudesse comparecer às reuniões do Banco sem a necessidade de todos os integrantes o fazerem;  Distribuir de forma igualitária o patrocínio conquistado pelos projetos, modificando a cessão total deste por apenas metade. Dessa forma, os grupos deveriam ceder ao Banco apenas 50% do patrocínio conquistado.  Documentar toda e qualquer movimentação financeira que possa ocorrer no projeto de Alternativas; para isso vê-se necessário a criação de planilhas digitais (vide anexo 2) e cadernos de controle, além de uma boa comunicação entre o órgão administrativo e os demais grupos.  Avaliar os orçamentos enviados pelos projetos; e dependendo do caso, disponibilizar um valor acima ou abaixo do estipulado. Didiculdades enfrentadas Durante dois meses e meio distribuímos o dinheiro como havíamos nos proposto a fazer. Alguns grupos apresentaram seus orçamentos e, mediante nossa aprovação, tinham seus créditos aprovados. Um mês após o início de nossas atividades, fomos notificados de que no Projeto de Alternativas da segunda série também haveria um banco, e que os recursos seriam os mesmos para ambos os órgãos administrativos. Além da adversidade citada acima, enfrentamos outros obstáculos como:     Dificuldade na comunicação entre o Banco e os demais projetos; Falta de responsabilidade de alguns gerentes que não compareciam às reuniões do Banco; Falta de respeito de alguns grupos para com os prazos estabelecidos pelo Banco; Manter o dinheiro disponibilizado aos grupos durante três meses frente à escassez dos recursos.
  • 5. Do conceito à prática Partimos da ideia que não existe economia sustentável sem pensamento sustentável, que organiza os recursos presentes, de formas a prevenir possíveis adversidades no futuro. "Uma economia sustentável exige políticas econômicas consistentes e previsíveis, que possam suavizar variações bruscas nos agregados de produtos e preços”, Marina Silva. A sustentabilidade econômica busca, em primeiro plano, soluções que não sejam caras e que dêem resultados rápidos. Assim como cada individuo deve rever seus hábitos, o seu estilo de vida, cada grupo deve também se adequar a realidade e buscar alternativas que visem melhorar o ambiente em que estão inseridas. Com a implantação de uma economia sustentável, o ser humano consegue estabelecer um equilíbrio entre o desenvolvimento econômico e a preservação do meio ambiente. Optamos em adotar o conceito de economia sustentável, pois o que nos moveu desde o início da escolha dos projetos foi a vontade de mudar o conceito que todos têm de um banco. Pretendíamos que a ideia que nos remetesse a banco sustentável fosse além de um órgão gestor de dinheiro, mas sim de um projeto com finalidade de administrar a renda e vistoriar todos os projetos restantes com imparcialidade e transparência . Com isso precisávamos tomas decisões quanto ao que faríamos com a verba que foi disponível para os projetos . Com isso optamos pela distribuição mensal da verba, ou seja , se tivermos um valor fixo mensal para distribuir haverá certa previsão dos resultados, para tanto fizemos uso da quantia de dez reais , pois além de ser uma importância possível quando comparada ao total disponível, também é uma quantia considerável para dar início às atividades dos projetos.
  • 6.  Dificuldades ao decorrer do Projeto Durante dois meses e meio, fizemos a distribuição dos recursos de acordo com o que nos propusemos a fazer. Alguns projetos enviaram seus orçamentos e os avaliamos. Um mês após o início do Banco, fomos notificados de que no projeto de Alternativas da segunda série também haveria um banco, e que os recursos financeiros seriam os mesmos para ambos os órgãos administrativos. Isso se apresentou como uma adversidade ao Banco. Além do obstáculo citado acima, enfrentamos outras dificuldades como:  Dificuldade na comunicação entre o Banco e os demais grupos, pois alguns gerentes não compareciam às reuniões quando solicitados;  Ausência de comprovantes de pagamentos; alguns projetos tinham gastos externos e não comunicavam ao Banco.
  • 7.  Conclusões Tendo em vista as circunstâncias que enfrentamos é possível concluir que o uso consciente do capital é um item imprescindível quando se quer garantir a sustentabilidade em um meio.Além disso, atitudes sustentáveis não devem estar presentes somente no cotidiano, mas também na economia como um todo. Uma administração consciente dos recursos monetários garante a sustentabilidade
  • 8.  Anexos http://sdrv.ms/1e1H6z0 (controle de gastos e saída de verba).
  • 9.  Bibliografia http://www.minhamarina.org.br/diretrizes_governo/governo/economia-sustentavelv2.php
  • A.s. pronto (1)

    Feb 28, 2018
    Search
    Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks