Presentations

A Utilidade Da Arte

Description
Artigo sobre René Lalique e sua vidraria
Categories
Published
of 10
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  A UTILIDADE DA ARTE – RENÉ LALIQUE E SUA VIDRARIA Dyana Pimentel Barlavento / Universidade Federal de Pernambuco RESUMO Relacionamos o trabalho do artista com o contexto histórico, discutindo a arte deRené Lalique e a industrialia! o do #rocesso de cria! o e a #ossibilidade de#o#ularia! o de suas obras$ %ostrando como a arte moldou o mercado de vidrariae &oalheria a #artir do 'inal do século ()( e in*cio do século (($ PALAVRAS-CHAVES René Lalique, vidraria, &oalheria, arte$ ABSTRACT +e relate the artists -or. -ith the historical context, discussin the art o' René Lalique andthe industrialiation o' the creation #rocess and the #ossibility o' #o#ulariation o' his -or.s$0ho-in ho- art has sha#ed the lass-are and &e-elry mar.et 'rom the late nineteenthcentury and early t-entieth century$ KEYWORDS René Lalique, lass-are, &e-elry, art$ 1idro2 %aterial inor3nico cu&o elemento b4sico é a s*lica encontrada basicamenteem areia que se une a óxidos 'undentes, estabiliantes e subst3ncias corantes #ara'ormar o silicato$1idro natural, também conhecido como rocha v*trea, é 'ormado a #artir de rochasvulc3nicas$ Um exem#lo é a obsidiana encontrada nas rei5es vulc3nicas da6unria e do %éxico$ 64 relatos de que ela vem sendo usada desde o ano 7888a$9$, em armas rudimentares e amuletos$   :rte'atos #ré;históricos 'eitos com obsidiana$ < vidro sintético acredita;se que 'oi descoberto através de 'oueiras = beira mar etem data de descoberta estimada em >888 a$9$, baseada em aluns ob&etos de vidroencontrados em t?mulos e*#icios$< vidro am#lamente utiliado nos dias de ho&e é o mesmo material que se usa h4cerca de @88 séculos o que muda com o #assar dos tem#os é a tecnoloia de'abrica! o$René Aules Lalique2 ascido em :y, %arne, Fran!a no dia C de abril de @7C8$ Foia#rendi do artes o e &oalheiro Louis :ucoc enquanto 'requentava aulas na coledes :rts Décorati's em Paris$ Por volta de @77E, de#ois de &4 ter trabalhando #araalumas das maiores &oalherias da uro#a como Aacta, 9artier e Boucheron ede#ois de assumir a &oalheria Aules Desta#e, René Lalique abre a sua #rór#ia lo&aem Paris$ m @777 ele #ro&etou seus #rimeiros #inentes e broches em ouroins#irado nos mitos da antiuidade e rom#e com a &oalheria tradicional incluindomateriais até ent o n o utiliados misturado com metais e #edras #reciosas, como#or exem#lo madre;#érola, mar'im, esmalte e vidro$  René Lalique  :* eles se encontraram$ %estre e matéria$ esse momento Lalique &4 haviareistrado sua marca GRLG e ravado nas #e!as que havia 'eito$ ssas eram #e!as?nicas$ %arca de Lalique, ravada em suas #e!as m @7H8 Lalique abre a sua terceira o'icina/lo&a em Paris e é dessa é#oca o seucasamento com o vidro e o esmalte, materiais que ele usa lado a lado com ouro,#érolas, o#alas, diamantes ou ametistas em #e!as de &oalheria$ :través da décadaseuinte Lalique construiu sua re#uta! o e consolidou a sua #arceria com o vidro,sendo esse material usado #or ele em &oalheria bem como em decora! o$  essa mesma é#oca sure em Paris a aleria LI:rt ouveau, aberta #elocomerciante de arte e colecionador 0ie'ried Bin e que d4 nome ao movimento aoqual René se identi'ica mais$ < movimento nasce unindo as :rtes :#licadas Jarquitetura, artes decorativas, desin, artes r4'icas, mobili4rios, etc$ J #ara diminuir as 'ronteiras entre as chamadas belas artes e o artesanato, valoriando os o'*cios etrabalhos manuais e recu#erando o ideal de #rodu! o coletiva tal qual o modelo dasuildas medievais$ O art nouveau se insere no coração da sociedade moderna, reagindo aohistoricismo da “Arte Acadêmica   do século XIX” e ao sentimentalismo e expressõeslíricas dos romnticos, e !isa adaptar se # !ida cotidiana, #s mudanças sociais e aoritmo acelerado da !ida moderna$ %as sua adesão # l&gica industrial e # sociedadede massas se d' pela su(!ersão de certos princípios ('sicos # produção em série,)ue tende aos materiais industriali*'!eis e ao aca(amento menos so+isticado$ Aarte no!a re!alori*a a (ele*a, colocando a ao alcance de todos, pela articulaçãoestreita entre arte e ind-stria$ ./nciclopédia Ita- 0ultural http122enciclopedia$itaucultural$org$(r2termo3432art nou!eau   5 m @H88 acontece em Paris a x#osi! o Universal que tinha como 'oco celebrar asconquistas do século que se acabava e/ou acelerar as descobertas #ara o novoséculo$  o estilo dominante na ex#osi! o 'oi o :rt ouveau$ Kustav Flaubert emseu Dictionnaire des idées re!uesM de'ine ex#osi! o como motivo de del*rio doséculo ()(M, a #artir disso #odemos entender a eu'oria das massas #elo 'enNmenodas exibi!5es #?blicas de arte, conhecimento técnico e cient*'ico e das cria!5esindustriais que este século buruOs deu = lu com 'é quase ilimitada no #roresso ena criatividade humanas$M KURR)R<, @HH7Q$9om o dese&o de Faer alo que nunca tenha sido visto antesM, Lalique toma #arteda rande ex#osi! o de Paris no mesmo momento em que recebe adenomina! o/alcunha de )nventor da &oalheria modernaM &unto com o t*tulo de<'icial da Lei o de 6onra 'rancesaM$ sse é o 4#ice da sua carreira como &oalheiro$
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks