Slides

A utilidade pública e sua relevância social

Description
1. Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Justiça Departamento de Justiça, Classificação,Títulos e Qualificação Ministério da Justiça Secretaria Nacional…
Categories
Published
of 20
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  • 1. Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Justiça Departamento de Justiça, Classificação,Títulos e Qualificação Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Justiça
  • 2. Ministério da Justiça Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Justiça MISSÃO Garantir e promover a cidadania, a justiça e a segurança pública, através de uma ação conjunta entre o Estado e a sociedade.
  • 3. Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Justiça ESTRUTURA Ministério da Justiça Órgãos de assistência direta e imediata ao Ministro Órgãos específicos singulares Órgãos colegiados Entidades vinculadas Secretaria Nacional de Justiça Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação
  • 4. Ministério da Justiça Secretaria Nacional de Justiça DEJUS Competências: Classificação Ind. OSCIP Org. Estrangeiras Utilidade Pública Federal Microfilmagem I- registrar as entidades que executam serviços de microfilmagem; II - instruir e analisar pedidos relacionados à classificação indicativa de programas de rádio e televisão, produtos audiovisuais considerados diversões públicas e RPG (jogos de interpretação); III - monitorar programas de televisão e recomendar as faixas etárias e os seus horários; IV - fiscalizar as entidades registradas no Ministério; e V - instruir a qualificação das pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos como Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público. Medalhas
  • 5. Entidades qualificadas no MJ Total de Entidades: - UPF 12.219 - OSCIP 4.678 Dados de agosto de 2008. Fonte: sistema DIVOT e OSCIP do MJ
  • 6. CNEs/MJ Sistema eletrônico destinado à racionalização dos processos de qualificação de entidades sociais, de prestação de contas e certificação anual de entidades. Visibilidade e transparência das ações de entidades e da administração pública; Avaliar e controlar repasse de recursos públicos; Desburocratizar processos; Diminuir custos com o envio de documentos. Simplificar processos; Padronizar formulários; Agilizar liberação de certidões; Construção de banco de dados. Cadastro Nacional de Entidades de Utilidade Pública - CNEs /MJ
  • 7. Cadastro Nacional de Entidades de Utilidade Pública - CNEs/MJ Objetivo CNEs/MJ Aprimorar as relações entre Estado, entidades e sociedade. A quem se destina? Organizações estrangeiras autorizadas a funcionar no Brasil e as entidades de direito privado, sem fins lucrativos, qualificadas ou não no MJ
  • 8. Dúvidas sobre o CNEs/MJ: Manual do Usuário
  • 9. Cadastro Nacional de Entidades de Utilidade Pública – CNEs/MJ Como Funciona o Cadastro Básico? 1 – Interessado acessa www.mj.gov.br/cnes cadastra dados pessoais 2 – Interessado recebe senha de acesso 3 – Interessado acessa www.mj.gov.br/cnes cadastra dados entidade 4 – Interessado envia ata ou procuração comprova o vínculo
  • 10. Cadastro Nacional de Entidades de Utilidade Pública – CNEs/MJ Como funciona a Prestação de Contas Anual Objetivo: manter qualificação e obter a certidão de regularidade 1- Responsável acessa www.mj.gov.br/cnes preenche relatório envia (eletronicamente) imprime envia (fisicamente)
  • 11. Cadastro Nacional de Entidades de Utilidade Pública – CNEs/MJ Como funciona o CNEs Público? 1- Cidadão acessa www.mj.gov.br/cnes visualiza relatório (prestação de contas anuais, atividades, dados da entidade e dos diretores)
  • 15. Projeto de Lei nº 3.021 de 2008
  • 16. (proposto pelo MDS; MF; MPrev; MS; e ME) Estabelece critérios e requisitos para a certificação das entidades beneficentes de assistência social, estabelece requisitos para que as entidades portadoras do CEAS possam gozar de isenção das contribuições para a seguridade social e dá outras providências Projeto de Lei nº 3.021 de 2008
  • 17. 1. Detalhamento da Atividade (dados qualitativos e quantitativos) 2. Fonte de recursos ( própria; privada ou pública) 3. Parcerias e subvenções públicas 4. Dados contábeis 5. Beneficiários das atividades Alguns dados exigidos no PL nº 3.021/2008 presentes no CNEs/MJ
  • 18. <ul><li>caracterização e certificação de entidade beneficentes de assistência social; </li></ul><ul><li>Repartir competência para certificação entre o Min. da Saúde, Min. Educação e Min. Desenvolvimento Social e Combate à Fome; </li></ul><ul><li>Requisitos e forma para a isenção de contribuições para a seguridade social; </li></ul><ul><li>Redistribuição dos processos de concessão e renovação CEBAS pendentes de julgamento no CNAS </li></ul>Principais objetivos do PL 3.021/2008
  • 19. O título de UPF deixa de ser pré-requisito para o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social, se for aprovado o PL 3.021 de 2008. (O PL revoga o art. 55 da Lei no 8.212/1991 e suas alterações) PL nº 3.021/2008: desvinculação do TUPF do CEBAS
  • 20. SECRETARIA NACIONAL DE JUSTIÇA Informações: www.mj.gov.br/CNEs www.mj.gov.br/oscip www.mj.gov.br/utilidadepublica www.mj.gov.br/organizacoesestrangeiras Contatos: FALE CONOSCO nos sítios do MJ Central de Atendimento: (61) 3429-3429/3425                                                     
  • Search
    Related Search
    We Need Your Support
    Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

    Thanks to everyone for your continued support.

    No, Thanks