Presentations

A UTILIZAÇÃO DA ESCALA BURDEN INTERVIEW DE ZARIT PARA AVALIAÇÃO DA SOBRECARGA DE CUIDADORES FAMILIARES

Description
A UTILIZAÇÃO DA ESCALA BURDEN INTERVIEW DE ZARIT PARA AVALIAÇÃO DA SOBRECARGA DE CUIDADORES FAMILIARES SILVA, Matheus Souza 1 LAMPERT, Melissa Agostini 2 BRONDANI, Cecília Maria 3 SILVA, Maritiele Naissinger
Categories
Published
of 5
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
A UTILIZAÇÃO DA ESCALA BURDEN INTERVIEW DE ZARIT PARA AVALIAÇÃO DA SOBRECARGA DE CUIDADORES FAMILIARES SILVA, Matheus Souza 1 LAMPERT, Melissa Agostini 2 BRONDANI, Cecília Maria 3 SILVA, Maritiele Naissinger da 4 SOUZA, Diulia Viviani de 5 INTRODUÇÃO O aumento progressivo das doenças crônicas tem alterado o perfil dos doentes no Brasil, acarretando um aumento na demanda de serviços de saúde. O atual modelo de saúde, centrado na doença e hospital, não possui infraestrutura humana e material capaz de atender tal demanda. Sendo assim, tornam-se necessárias modalidades alternativas de atenção que considerem essa problemática. A assistência domiciliar é uma modalidade alternativa a atenção hospitalar que busca construir uma nova lógica de atendimento à saúde, considerando o contexto social e familiar do doente. Para a efetivação do cuidado no domicílio torna-se imprescindível à presença de um cuidador que se responsabilize pela realização das atividades que o doente não consegue realizar, podendo ser um familiar, um amigo ou pessoas que possuem um convívio cotidiano com o doente. Desse modo, define-se cuidador familiar toda e qualquer pessoa que provê assistência não remunerada, a um familiar ou amigo que está doente, idoso ou incapacitado (ANGELO, 2009). Observa-se que o familiar que tem a função de cuidador, encontra-se desassistido e desprotegido de apoio de programas governamentais efetivos, os quais deveriam fornecer subsídios e orientações para a prática do cuidado (FLORIANI; SCHRAMM, 2004). Em muitos casos os familiares são obrigados a renunciar às relações sociais, ao emprego e muitas vezes as próprias relações familiares, pois não contam com nenhum tipo de apoio social. E estas modificações que ocorrem na vida do cuidador podem ocasionar sobrecargas físicas, emocionais e financeiras. (SEIMA, 2011) A sobrecarga do cuidador é definida como o conjunto de problemas físicos, psicológicos, emocionais, sociais e financeiros experimentados por aqueles que cuidam de pacientes com algum 1 Aluno de Graduação em Enfermagem UFSM, bolsista do programa de iniciação científica do Hospital Universitário de Santa Maria. 2 Orientadora do Projeto de Pesquisa: Cuidado ao doente crônico: a atuação interdisciplinar como espaço potencializador de transformação. Médica preceptora do SIDHUSM. Doutora em Clínica Médica área de concentração em geriatria PUCRS 3 Mestrado em Enfermagem pela UFSM em 2008, enfermeira responsável pelo SIDHUSM. 4 Aluna de Graduação em Tecnologia em Alimentos na UFSM e Nutrição na UNIFRA, bolsista do programa de iniciação científica do Hospital Universitário de Santa Maria. 5 Aluna do Curso Técnico em Paisagismo na UFSM, bolsista do programa de Iniciação Científica do Hospital Universitário de Santa Maria. tipo de comprometimento. (SANTOS, 2011) Normalmente, o cuidador deve responsabilizar-se pela rede de cuidados necessários ao sujeito. No entanto, é comum o desconhecimento sobre como lidar adequadamente com o doente crônico, surgindo à necessidade de orientação e suporte. O cuidador pode ser conduzido ao estresse crônico e ao isolamento social, o que incrementa os riscos de patologias físicas e mentais, como depressão e ansiedade. Portanto, o cuidador também se torna foco de cuidado, recebendo cada vez mais atenção dos profissionais e serviços de saúde. Uma das formas de avaliação da sobrecarga do cuidador é o uso da Escala Burden Interview de Zarit. Essa conta com 22 questões, que avalia a saúde, vida social e pessoal, situação financeira, bem-estar emocional, relações interpessoais e o meio-ambiente do cuidador. O escore varia de 0 a 88. Quanto maior o escore maior a sobrecarga (SCAZUFCA, 2002). A avaliação da sobrecarga dos cuidadores possibilita dimensionar os problemas enfrentados pelos mesmos no cotidiano de cuidar em casa e auxilia os profissionais de saúde no planejamento da assistência. OBJETIVOS Verificar estudos que utilizaram a Escala Burden Interview de Zarit como instrumento para a avaliação da sobrecarga de cuidadores familiares e analisar os resultados encontrados nesses estudos. METODOLOGIA Trata-se de uma revisão narrativa de literatura, realizada por meio de busca online das produções científicas que utilizaram a Escala Burden Interview de Zarit, indexadas na base de dados Literatura Latino-Americana do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS). A busca foi realizada usando os descritores sobrecarga and cuidador, no mês de maio de Foram incluídos artigos publicados nos últimos 10 anos ( ), com disponibilidade de texto completo na base de dados e que se referem à cuidadores de adultos no domicílio e que utilizaram a Escala Burden Interview de Zarit para avaliação da sobrecarga. Foram excluídas teses, dissertações, documentos ministeriais. Para organização da pesquisa foi elaborado um quadro com os seguintes itens: título do artigo, objetivo, idioma, resultados, profissional autor do artigo e delineamento de estudo. Os artigos foram analisados na integra de forma a contemplar os objetivos da pesquisa. RESULTADOS E DISCUSSÕES Foram encontrados 86 artigos, destes 19 foram selecionados. Dos artigos excluídos, 44 tratavam da sobrecarga do cuidador, mas não utilizavam como instrumento de avaliação a Escala Burden Interview de Zarit; outros quatro, os sujeitos cuidados eram crianças; e 19 eram documentos relacionados ao tema. Em relação a idioma, houve predomínio da língua portuguesa (45%) dos artigos publicados. Quanto à área de atuação do autor observou-se que eram provenientes da Enfermagem (30%). Em relação o delineamento dos estudos predominou o descritivo transversal, em 30% dos artigos avaliados. O maior número de publicações (30%) ocorreu no ano de A partir dos estudos que compuseram a presente revisão, observa-se que a Escala Burden Interview de Zarit foi utilizada em vários contextos na abordagem do tema estresse e sobrecarga do cuidador, podendo-se estabelecer algumas premissas. Um dos pontos que deve ser destacado é a necessidade da implementação de programas e políticas sociais que contemplem a problemática do cuidador prevenindo, identificando e abordando a ocorrência de estresse por meio da sobrecarga. (MARQUES, 2012; LENARDT, 2011; CARDONA ARANGO, 2011). Também se verifica a importância de estimular a organização de redes sociais pelo cuidador (AMENDOLA, 2011). Como complemento ao uso da Escala Burden Interview de Zarit pode-se utilizar a avaliação da percepção de saúde do cuidador, além de avaliações de ansiedade e depressão (VALENTE 2011; MENDEZ 2010). Ao se planejar ações em saúde para o cuidador é importante considerar, em relação às características do paciente cuidado, que quanto maior a necessidade de cuidados e o nível de dependência do paciente, maior o estresse e a sobrecarga (DEL DUCA, 2011). Também há forte associação do estresse e sobrecarga com comprometimento cognitivo e alterações comportamentais do paciente (BORGES, 2009; CASSIS, 2007). Quanto às características do cuidador, observa-se que quanto menor a escolaridade e maior a idade, maior o estresse e sobrecarga (DEL DUCA, 2011). Existe também associação do estresse e sobrecarga com o tempo de cuidado (CARDONA ARANGO, 2011). Não se observou definição de que período de tempo estaria mais associado ao estresse e a sobrecarga e em que momentos deveria ser realizada a avaliação da mesma. Também se propõe a necessidade de estudos de intervenção para diminuir a sobrecarga do cuidador, havendo a necessidade de cuidados na realização destes estudos, tais como padronização de abordagens educacionais, número de participantes e período de duração das abordagens propostas. CONCLUSÃO Com base nos estudos analisados nesta revisão verifica-se a importância de quantificar a sobrecarga dos cuidadores e que a Escala Burden Interview de Zarit constitui-se em um instrumento que pode ser utilizado com segurança para estudos com esse objetivo. Observa-se também a necessidade de estudos futuros que proponham intervenções que amenizem a sobrecarga do cuidador, a partir das características associadas ao desenvolvimento da mesma observada nos estudos já realizados. Uma vez que, os artigos demostram altos índices de sobrecarga associada ao cuidado sem proporem intervenções que possam ser realizadas para que a mesma diminua. A sobrecarga do cuidador deve ser preocupação de todos os profissionais da área da saúde, considerando-se que o sucesso de um tratamento e/ou a permanência de um doente no domicílio depende do seu cuidador. Portanto, o cuidador familiar deve ser valorizado e suas necessidades devem ser consideradas para que a atenção domiciliar se concretize como uma alternativa viável para o atendimento do doente crônico. REFERÊNCIAS AMENDOLA, Fernanda; OLIVEIRA, Maria Amélia de Campos e ALVARENGA, Márcia Regina Martins. Influência do apoio social na qualidade de vida do cuidador familiar de pessoas com dependência. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2011, vol.45, n.4, pp ISSN ANGELO, Margareth. Cultura e cuidado da família. In: NAKAMURA, Eunice; MARTIN, Denise; SANTOS, José Francisco Quirino dos. Antropologia para enfermagem. São Paulo: Manole, BORGES, Larissa de Lima; ALBUQUERQUE, Cristina Rodrigues e GARCIA, Patrícia Azevedo. O impacto do declínio cognitivo, da capacidade funcional e da mobilidade de idosos com doença de Alzheimer na sobrecarga dos cuidadores. Fisioter Pesq. [online]. 2009, vol.16, n.3, pp ISSN CARDONA ARANGO, Doris et al. Características Demográficas y Sociales de Cuidador en Adultos Mayores. Investig. andina [online]. 2011, vol.13, n.22, pp ISSN CASSIS, Stella Velasques Anderaos et al. Correlação entre o estresse do cuidador e as características clínicas do paciente portador de demência. Rev. Assoc. Med. Bras. [online]. 2007, vol.53, n.6, pp ISSN DEL DUCA, Giovâni Firpo; THUME, Elaine and HALLAL, Pedro Curi. Prevalência e fatores associados ao cuidado domiciliar a idosos. Rev. Saúde Pública [online]. 2011, vol.45, n.1, p E pub Oct 29, ISSN FLORIANI, Ciro Augusto; SCHARAMM, Fermin Roland. Atendimento domiciliar ao idoso: problema ou solução? Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 20, n. 04, p , jul./ago LENARDT, M., HAUTSCH WILLIG, M., SEIMA, M., DE FREITAS PEREIRA, L.. The health status and life satisfaction of caregivers of elderly with Alzheimer s. Colombia Médica, North America, 42, jul MARQUES, Maria João Fernandes; TEIXEIRA, Helena Jorge Cardoso e SOUZA, Dayse Cristine Dantas Brito Neri de. Cuidadoras informais de Portugal: vivências do cuidar de idosos. Trab. educ. saúde [online]. 2012, vol.10, n.1, pp ISSN MÉNDEZ, Luis; GIRALDO,Oscar; AGUIRRE-ACEVEDO, Daniel; LOPERA, Francisco. Relación entre ansiedad, depresión, estrés y sobrecarga en cuidadores familiares de personas con demencia tipo alzheimer por mutación e280a en presenilina 1. Rev. Chilena de Neuropsicología [online]. Chile, v. 5, n. 2, p , SANTOS, Raquel Luiza; SOUSA, Maria Fernanda Barroso de; BRASIL, Denise; DOURADO, Márcia. Intervenções de grupo para sobrecarga de cuidadores de pacientes com demência: uma revisão sistemática. Rev. psiquiatr. clín. [online]. 2011, vol.38, n.4, pp ISSN SEIMA, Márcia D.; LENARDT, Maria H.; A sobrecarga do cuidador familiar de idoso com Alzheimer. Rev. Textos & Contextos, Porto Alegre, v.10, n.2, p , ago/dez VALENTE, Letice Ericeira et al. Health self-perception by dementia family caregivers: sociodemographic and clinical factors. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2011, vol.69, n.5, pp ISSN X.
Search
Similar documents
View more...
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks