Documents

A Vera Cruz Cinema e Tbc

Description
tbc
Categories
Published
of 3
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  A Vera Cruz, cinema e TBC   A Companhia Cinematográfica Vera Cruz  foi um importante estúdio cinematográfico brasileiro, que funcionou entre 1949 e 1954. Fundada em São ernardo do !ampo, pelo produtor italiano Franco ampari e pelo industrial Francisco #atara$$o Sobrin%o em 4 de no&embro de 1949, a compan%ia produ$iu e coprodu$iu mais de 4' filmes de longa metragem.  Ap(s o fim da Segunda )uerra #undial e da ditadura do *stado +o&o, em 1945, São aulo &i&ia um momento de efer&esc-ncia cultural. e&istas de di&ulga/ão art0stica, confer-ncias, seminários e eposi/2es agita&am a &ida paulista.+o final dos anos 194', foram inaugurados o #useu de Arte #oderna 3#A# e o #useu de Arte de São aulo 3#AS. +a mesma poca, Franco ampari, empresário de srcem italiana, montou uma compan%ia teatral de alto n0&el, o 6eatro rasileiro de !omdia 36!. !rescia o interesse pelo cinema e os intelectuais funda&am cineclubes e mo&imenta&am grupos de debates. Alimentada por empresários paulistas, criou7se então a 8era !ru$. Seus estúdios de mais de 1''.''' m ocupa&am o que antes era uma gran:a da Fam0lia #atara$$o e receberam material tcnico de &anguarda, bem como profissionais do eterior. Produções  A compan%ia funcionou por quase 5 anos e reali$ou ;; filmes de curta, mdia e longa7metragem, marcando poca no cinema brasileiro, considerada o primeiro estúdio em moldes profissionais do pa0s. < slogan da compan%ia 7 =>o planalto aben/oado para as telas do mundo= 7 da&a mostras de sua ambi/ão? atingir padr2es internacionais, reali$andoum cinema brasileiro em bases industriais.Sua primeira produ/ão foi o filme !ai/ara, dirigido pelo italiano Adolfo !eli e todo filmado em @l%abela, litoral de São aulo, para onde foram deslocados o elenco, a equipe tcnica eos pesados equipamentos de filmagem. A produ/ão foi cercada de grande publicidade e te&e como protagonista *liane age.< recon%ecimento internacional da 8era !ru$ &eio com < cangaceiro, premiado no Festi&al de !annes. Antes, o diretor ima arreto :á %a&ia sido premiado, mas por curta  metragens? em 195', fe$ ainel e Santuário, sobre as pinturas de Alei:adin%o, igualmente premiado em !annes. Dificuldades financeiras e fechamento  A situa/ão financeira da 8era !ru$, em 195B, :á mostra&a claros sinais de desgaste e saldo no &ermel%o. ara tentar re&erter a situa/ão, a diretoria da empresa fe$ um emprstimo de 1'' mil%2es de cru$eiros, &alor considerado eorbitante C poca.!om o montante, a 8era !ru$ montou tr-s lin%as de produ/ão di&ersificada? filmes de apelo popular 3como A Fam0lia ero7ero e !andin%o, superprodu/2es com pretensão de lan/amento no eterior 3como < cangaceiro e Sin%á #o/a e filmes de arte &oltados ao mercado interno 3como 8eneno e Apassionata. A ado/ão do no&o arran:o produti&o não conseguiu, entretanto, sal&ar a 8era !ru$ da fal-ncia, no fim de 1954. Problemas do mercado brasileiro roblemas estruturais do mercado cultural brasileiro dificultaram a atua/ão da 8era !ru$, particularmente a concentra/ão do segmento de distribui/ão de filmes e a concorr-ncia de produ/2es estrangeiras. A aus-ncia de um sistema pr(prio de distribui/ão para filmes brasileiros fa$ia com que os distribuidores e eibidores de filmes ficassem com mais de D'E da arrecada/ão das produ/2es da 8era !ru$. a&ia, ainda, dificuldade de inser/ão de filmes brasileiros no mercado internacional, o que retira&a da 8era !ru$ essa fonte de renda para a dilui/ão doscustos de suas produ/2es. A concorr-ncia desigual de filmes estrangeiros no mercado nacional foi outro fator pre:udicial C 8era !ru$. < go&erno tabela&a, na poca, os pre/os dos ingressos das salas de cinema, num per0odo de infla/ão alta, que redu$ia o &alor real do ingresso e a arrecada/ão dos filmes. +o entanto, para filmes estrangeiros, o go&erno brasileiro paga&a a diferen/a entre o cGmbio do d(lar oficial e do paralelo, impedindo que %ou&esse perdas inflacionárias. Assista aqui O Cangaceiro (1! # $egado  Apesar de ter eistido por apenas 5 anos, a 8era !ru$ formou uma gera/ão de cineastas eprofissionais de cinema. A qualidade tcnica e art0stica de seus filmes marcou uma poca e mostrou a &iabilidade do cinema brasileiro. #ic%ael Stoll, um dos tcnicos de som, fundou mais tarde o estúdio paulista Hlamo, em 19I;. Foi na 8era !ru$ que surgiu uma das mais importantes personalidades do cinema brasileiro? Amácio #a$$aropi , indiscut0&elcampeão de bil%eteria at a dcada de 19I'. A eperi-ncia da 8era !ru$ de dificuldade na inser/ão de filmes no mercado brasileiro e internacional foi importante, tambm, para a cria/ão da *mbrafilme, em 19D9, uma empresa estatal brasileira produtora e distribuidora de filmes cinematográficos. $ista de filmes da Vera Cruz ainel 7 195' 7 documentário dirigido por ima arretoSantuário 7 195' 7 documentário dirigido por ima arreto  !ai/ara 7 195' 7 drama dirigido por Adolfo !eli Jngela 7 1951 7 drama dirigido por Ab0lio ereira de Almeida e 6om aKne6erra  sempre terra 7 1951 7 drama dirigido por 6om aKne Apassionata 7 195; 7 drama dirigido por Fernando de arros8eneno 7 195; 7 drama dirigido por )ianni ons6ico7tico no Fubá 7 195; 7 drama biográfico dirigido por Adolfo !eliSai da frente 7 195; 7 comdia dirigida por Ab0lio ereira de Almeida+adando em din%eiro 7 195; 7 comdia dirigida por Ab0lio ereira de Almeida e !arlos 6%irSin%á #o/a 7 195B 7 drama dirigido por 6om aKne A Fam0lia ero7ero 7 195B 7 comdia dirigida por Alberto ieralise e )usta&o +onnemberg< cangaceiro 7 195B 7 drama dirigido por ima arretoLma pulga na balan/a 7 195B 7 drama dirigido por uciano Salce*squina da ilusão 7 195B 7 comdia dirigida por uggero Macobbiu$ apagada 7 195B 7 drama dirigido por !arlos 6%ir<bras +o&as 7 195B 7 documentário sobre a constru/ão dos estudios da 8era !ru$N proibido bei:ar 7 1954 7 comdia dirigida por Lgo ombardi+a Senda do !rime 7 1954 7 policial dirigido por Flaminio ollini !erri!andin%o 7 1954 7 comdia dirigido por Ab0lio ereira de AlmeidaFloradas na Serra 7 1954 7 drama dirigido por uciano SalceSão aulo em festa 7 1954 7 documentário dirigido por ima arreto
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks