Documents

Abra Os Ouvidos (6) Porta Escancarada Pr Jailson

Description
Cara a Igreja de Filadélfia
Categories
Published
of 10
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
  1   Abra os ouvidos – Carta as sete Igrejas da Ásia Porta escancarada Apocalipse 3.7 a 13 Pr Jailson “Ao anjo da Igreja em Filadélfia escreva: Estas são as palavras daquele que é santo e verdadeiro, que tem a chave de Davi. O que ele abre ninguém pode fechar, e o que ele fecha ninguém pode abrir. Conheço as suas obras. Eis que coloquei diante de você uma porta aberta que ninguém pode fechar. Sei que você tem pouca força, mas guardou a minha palavra e não negou o meu nome. Vejam o que farei com aqueles que são sinagoga de Satanás e que se dizem judeus e não são, mas são mentirosos. Farei que se prostrem aos seus pés e reconheçam que eu amei você. Visto que você guardou a minha palavra de exortação à perseverança, eu também o guardarei da hora da provação que está para vir sobre todo o mundo, para pôr à prova os que habitam na terra. Venho em breve! Retenha o que você tem, para que ninguém tome a sua coroa. Farei do vencedor uma coluna no santuário do meu Deus, e dali ele jamais sairá. Escreverei nele o nome do meu Deus e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu da parte de Deus; e também escreverei nele o meu novo nome. Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às Igrejas.” Vamos analisar o texto considerando essa extrutura, então vamos começar falando algumas coisas dessa cidade. O que precisamos saber desta cidade para entender o que Jesus quiz dizer a esta Igreja tem muita coisa importante sobre esta cidade mas vou me fixar em um ponto, e, este é um ponto central para entendermos a Igreja em Filadélfia, essa é uma cidade muito importante pois está estratégicamente em uma rodovia de grande tráfego que ligava o oriente até a Ásia ao ocidente até a Europa. Essa era uma cidade conhecida como sendo a porta aberta e é hoje uma parte da Turquia, ela ligava toda Grécia e a Ásia Menor até a Síria por ela passava o comércio, mas, sobretudo e é isso que você precisa saber e que a definiria como uma porta aberta, pois ela era a porta de entrada para a helenização, que era a divulgação da língua e cultura grega. Houve um tempo que tanto a língua quanto a cultura grega começou a se espalhar por todo mundo antigo da época, e, Filadélfia era uma porta aberta para esses ensinos. Tomando essa idéia, não apenas essa, o que Jesus vai dizer a Igreja é extremamente contextualizado, por isso que Jesus diz a essa Igreja que ela era uma porta aberta. E agora voltando a tabela e começando pelo elogio vemos que essa é uma Igreja fraca, no entanto fiel. A fraqueza desta Igreja pode ser vista praticamente em duas coisas e o versículo de número 8 apresenta isso:  2   “Conheço as suas obras. Eis que coloquei diante de você uma porta aberta que ninguém pode fechar. Sei que você tem pouca força, mas guardou a minha palavra e não negou o meu nome.” Observe que do “Eis...” até “...fechar” há um parenteses, vmaos deixar esse parenteses de lado por agora. Veja como isso é bem claro “Conheço as tuas obras, sei que você você tem pouca força, mas guardou a minha palavra e não negou o meu nome.” Então esta é a descrição que Jesus dá a esta Igreja, a esta pequena Igreja, esta fraca Igreja, mas que tem uma porta aberta para o mundo, mas que esta estratégicamente em um lugar importante para a divulgação do evangelho. A fraqueza dessa Igreja pode ser vista em duas coisas primeiro é uma Igreja pequena. No grego há uma enfase na palavra “pouca” a falta de força desta Igreja está relacionada ao número de fiéis, é uma Igreja extremamente pequena, e, por ser uma Igreja pequena evidentemente é uma Igreja que tem poucos recursos financeiros. É uma Igreja pequena em número e por essa razão também com poucos recursos financeiros, provavelmente uma Igreja de baixa posição social, essa é uma provável realidade na vida dessa Igreja. Então essa é a situação da Igreja é uma Igreja pequena é uma Igreja sem grana, mas, Jesus louva essa Igreja dizendo que ela guardou a sua palavra a ideia que eles permaneceram no evangelho e eles não deixaram que os falsos mestres que estavam a volta daquela Igreja pudesse então entrar na Igreja e diluir o evangelho, e ele diz, olha, vocês guardaram a minha palavra Jesus diz ainda vocês não negaram o meu nome. Essa Igreja que não negou o nome de Jesus, a ideia aqui é que eles permaneceram em Cristo e não se prostraram diante de outros deuses. E aí, Jesus então traz de volta um outro grupo de inimigos que já foi apresentado anteriormente que são aqueles que fazem parte da sinagoga de Satanás, veja versículo de número 9 veja o que farei com aqueles que são sinagoga de Satanás e que dizem serem judeus e não são, mas, são mentirosos. Quem é esse aqui então é um grupo de judeus que são falsos, ou seja, não é uma circuncisão feita no coração e eles também são sinagoga de Satanás. Porque a reunião é apenas para buscarem a perseguição daqueles que são cristãos. E aí, diante desse cenário na Igreja pequena, uma Igreja pobre financeiramente e uma Igreja que é perseguida por esses  judeus, Jesus então diz que, essa Igreja é então uma porta aberta. E aqui a gente volta então ao parênteses “Eis que coloquei diante de você uma porta aberta que ninguém pode fechar”. Nesse parênteses Jesus aponta basicamente para duas ideias, porta aberta significa entrada garantida no Reino de Deus e na Nova Jerusalém. O ponto a ser perguntado aqui é: porque que foi dito isso a essa Igreja? Bem há duas razões a primeira diz respeito à Igreja local, lembre-se que eu acabei de dizer que eles estão diante de um grupo de falsos judeus, pois diziam esses judeus que somente aqueles que faziam parte da Sinagoga, de fato faziam parte do Reino de Deus. Então eles diziam Olha somente somente aqueles que fazem parte da Sinagoga entrarão no reino de Deus, e aí, Jesus diz não, não, não, sou Eu quem decido quem entra e quem não entra no Reino de Deus, por isso, então que Ele é apresentado como sendo aquele que tem a chave, é Ele quem abre ninguém fecha e quando ele fecha ninguém abre. Na mão de quem está a salvação? A salvação está nas mãos de Jesus Ele que governa todas as coisas por isso que no capítulo 1 e versículo 18 está escrito assim: “Eu sou aquele que vive estive morto, mas, agora vivo para todo  3   sempre, e tenho as chaves da morte e do inferno”. É Ele quem decide todas as coisas, não apenas isso Jesus vai agora se identificar com seu povo e ele vai dizer que a verdadeira Sinagoga está aberta para os que creem em Jesus e ao mesmo tempo que essa porta está fechada para os que não creem aqueles que apesar de se reunirem como Israel de Deus, não acreditam em Jesus, pra esses a porta está fechada, é Ele que define quem entra e quem não entra e a senha de acesso é crer ou não crer. Quem crer entra pela porta porque Ele é a porta e vai para o Reino de Deus. Quem não crer não tem como entrar para o Reino de Deus, é necessário crer em Jesus. Jesus esta pegando exatamente esse contexto da época pra vai dizer que os  judeus dizem que você precisa entrar para a Sinagoga pra vocês poderem fazer parte do Reino de Deus, no entanto, eles dizem que são judeus mas na verdade eles não são, porque o verdadeiro Israelita é aquele que crê no meu nome, vocês creem no meu nome e vocês terão diante de vocês uma porta aberta porque eu quem decido e a senha é crer ou não crer. E aí ele vai dizer então essa verdade para a Igreja, mas não apenas para Igreja, e agora esse é o ponto do contexto da carta que Jesus diz que ela está exatamente estratégico porque há uma missão aqui também para o mundo, lembre-se que Israel foi colocado no mundo para ser luz para as nações. O ano passado em Agosto pastor Heber pregou uma série em Deuteronômio Capítulo 4 e uma das ideias que ele trouxe é exatamente essa de que Israel foi colocado para ser uma luz para as nações. Veja só, versículo de número 6 do Capítulo de número 4 “Vocês devem obedecer-lhes e cumpri-los, pois assim os outros povos verão a sabedoria e o discernimento de vocês. Quando eles ouvirem todos estes decretos dirão: De fato esta grande nação é um povo sábio e inteligente . Pois, que grande nação tem um Deus tão próximo como o Senhor, o nosso Deus, sempre que o invocamos? Ou, que grande nação tem decretos e preceitos tão justos como esta lei que estou apresentando a vocês hoje? ”    Ou seja por meio da maneira como o povo vivia sobre a Lei servindo ao Senhor as nações a volta olhariam para Israel e veriam essas coisas, agora Jesus tá pegando todo esse contexto e fazendo uma espécie de trocadilhos e é como se estivesse dizendo: Lembre-se que Israel deveria ser luz para as nações, os verdadeiros judeus deveriam fazer isso, mas, agora vocês estão aqui mesmo sendo um pouco pequeno diante de um número enorme de judeus, mas, que não creem no meu nome eles deixaram de ser o meu povo. E agora essa Igreja é da da porta aberta para poder ser luz para as nações, para poder apresentar o evangelho de Deus para as nações, agora pega o contraste porque esse aqui é fantástico. Veja como Jesus esta trabalhando, quando você olha para Israel você percebe que Israel era um povo pequenininho diante da grandeza das nações, diante dos outros impérios Israel é nada, mas viu, por isso é que as vitórias são sempre atos extraordinários do Senhor, a exemplo, eles estão em Jericó as muralhas são altas o que fazer Senhor nos dá força pra lutar. Deus faz com que tudo caia e eles possam ter vitória. É um povinho pequeno que vai crescendo porque do Senhor é a guerra. Há um jovenzinho lá pequenininho chamado Davi e aí tem um gigante enorme, essa história que é Laurinha mais gosta, né, aquele jovem com uma pedra derruba aquele gigante porque do Senhor é a guerra. É Deus que faz o seu povo prosperar pra que seja luz para as nações.  4   Agora imagina veja aqui como Jesus está invertendo todas as coisas porque quem é o povo próspero da cidade? Quem é o maior número de judeus? Eles estavam na elite da sociedade eram maioria, era tanto que essa Igreja sofria de um certo preconceito. Sabe porque ninguém ligava pra essa Igreja porque diziam que esse povo é insignificante. Não representa nem ameaças. Vamos deixar esse povo num cantinho lá. Aí Jesus chega pra esse povo diz assim agora vocês estão fazendo o papel do verdadeiro Israel e mesmo sendo um povo pequeno é vocês que vão poder ser um instrumento para que a luz do evangelho se espalhe por toda a terra. E aí eles então são apresentados como a luz para as nações. Então veja como isso é exatamente apresentado. Voltando a nossa tabela vamos agora ver Cristo. Por que ver Cristo? Porque no que diz respeito à Igreja essa não recebe crítica nenhuma. Então essa é uma das Igrejas que Jesus não critica em nada. Jesus não diz olha eu tenho alguma coisa contra você Jesus não diz isso. Vamos então olhar agora e falar como Jesus se apresenta a essa Igreja e aí a gente precisa voltar então ao versículo de número 7 diz que essas são as palavras daquele que é no srcinal está assim o Santo artigo definido, o verdadeiro, artigo definido mais uma vez, é o que detém as chaves daquele que possui as chaves, estado artigo definido mais uma vez. Isso está apresentando exatamente Jesus como sendo o único, é o singular, é o único dono da verdade, é o único que é verdadeiro, é o único que é santo. A palavra santo e verdadeiro no Apocalipse quando elas aparecem juntas elas estão apontando para uma testemunha fiel. Sempre que uma testemunha estava falando a verdade, vivendo a verdade e vivendo em santidade isso é conectado tanto nas cartas como no Apocalipse, como sendo a testemunha fiel. Aquele que se apresenta essa Igreja não é alguém que tem um discurso mentiroso, como judeus, que dizem ser judeus mas não são, por isso, Jesus diz que eles são mentirosos, eles mentem, agora, eu sou a testemunha verdadeira e aqueles que estão comigo nesse mesmo testemunho são os verdadeiros israelitas. A palavra santo em verdade também são atributos divinos, Jesus então aparece agora como sendo aquele que tem um atributo divino aquele que é o próprio Deus, é quem está no meio da sua Igreja. Agora Ele diz eu detenho as chaves, como eu disse a primeira ideia é vocês vão entrar no reino de Deus por mim, essa é a primeira ideia, tem a ver com a Igreja local, mas, agora veja a ideia que tem a ver com o reino de Deus a expansão do Evangelho. Ele diz assim agora eu coloquei diante de vocês uma porta que está escancarada, a porta está totalmente aberta. Essa então é uma uma descrição muito clara essas três coisas então são descrições claras de que Jesus de fato ele é Deus, Ele é o próprio Deus e por essa razão ele é o verdadeiro Rei do Universo. Ele é aquele que Reina sobre tudo e sobre todos é isso que ele tá dizendo, o grande soberano, aquele que governa a história aquele que tem as chaves do Reino é o próprio Jesus. Eu disse pra você escolher conectar todo o culto então agora chegou a hora, vamos então entender o culto, leve seus olhos para a ordem de culto e vamos então ao primeiro texto Apocalipse Capítulo de número 12 no versículo 7 diz que houve que uma guerra nos céus e que os anjos lutaram contra o dragão em e essa guerra aconteceu e aí eles não tiveram força o dragão e seus anjos e tudo mais o seu exército não ter força pra pra resistir nessa batalha. E aí o versículo de novos de número 9 o Grande Dragão foi lançado fora, e, ele a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks