Recipes/Menus

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

Description
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ALEXANDRE HERCULANO INFORMAÇÃO CONTRATAÇÃO DE ESCOLA 2013/14 AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Contratação de Escola com vista ao suprimento de necessidades temporárias de pessoal docente,
Categories
Published
of 5
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
Related Documents
Share
Transcript
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ALEXANDRE HERCULANO INFORMAÇÃO CONTRATAÇÃO DE ESCOLA 2013/14 AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Contratação de Escola com vista ao suprimento de necessidades temporárias de pessoal docente, para o ano escolar de , no Agrupamento de Escolas Alexandre Herculano-Porto 1. Nos termos do Decreto Lei n.º 132/2012, de 27 de junho, e demais legislação aplicável, declaro aberto concurso para contratação de pessoal docente em regime de contrato de trabalho a termo resolutivo, para o ano letivo de , para suprimento de necessidades temporárias neste Agrupamento. 2. As necessidades referidas no número anterior constam do Quadro anexo ao presente aviso e publicado em contendo a indicação do Grupo de Recrutamento, número de horas letivas e duração do contrato. 3. O presente concurso de contratação de escola desenvolver se á de acordo com os seguintes procedimentos: a) O processo de candidatura é aberto através da aplicação informática disponibilizada para o efeito pela Direção Geral da Administração Escolar através da sua página Internet. b) Os candidatos apenas podem inscrever se utilizando a aplicação informática referida na alínea anterior. c) A oferta de contratação de escola, os critérios de seleção bem como os procedimentos e prazos do concurso são os constantes do presente aviso e divulgados na página da Internet do Agrupamento em d) O procedimento de seleção é aberto na página web da DGAE pelo prazo de 3 dias úteis. e) Findo o prazo de candidatura, será divulgada, na página web do Agrupamento, através de EDITAL, a lista ordenada dos candidatos relativa ao suprimento de cada necessidade identificada, resultante da respetiva Graduação Profissional, calculada nos termos do nº 1 do artigo 11º do Decreto Lei n.º 132/2012 de 27 de junho. f) Os docentes candidatos profissionalizados opositores ao concurso terão prioridade na referida lista relativamente aos docentes candidatos com habilitação própria. g) Os candidatos profissionalizados em caso de igualdade na graduação profissional, serão ordenados respeitando se a seguinte ordem de prioridades: i. Classificação Profissional mais elevada ii. Maior tempo de serviço após profissionalização iii. Maior tempo de serviço antes da profissionalização iv. Candidato com maior idade v. Candidato com o número de candidatura mais baixo h) Os candidatos com habilitação própria em caso de caso de igualdade na graduação profissional, para efeitos de graduação, serão ordenados respeitando se a seguinte ordem de prioridades: i. Classificação Académica mais elevada ii. Maior tempo de serviço em dias, no exercício de funções docentes iii. Candidato com maior idade iv. Candidato com o número de candidatura mais baixo i) Será publicada na página web do Agrupamento a CONVOCATÓRIA para a realização da Entrevista de Avaliação de Competências, aos cinco primeiros candidatos da lista ordenada. j) A não comparência à entrevista ou a não entrega dos documentos por parte dos candidatos convocados/notificados, seja por que motivo for, implicará a exclusão liminar dos mesmos. k) Caso se verifiquem as situações referidas no número anterior ou ainda a manifestação de desinteresse por parte de qualquer um dos candidatos convocados/notificados (comunicada por escrito ao AEAH, nos serviços administrativos), tal determina a admissão à entrevista dos candidatos colocados nos lugares subsequentes na lista de ordenação referida anteriormente, até se perfazer a tranche de cinco entrevistados, e assim sucessivamente, enquanto for possível. l) As Entrevistas de Avaliação de Competências para Grupos de Recrutamento decorrerão de acordo com os seguintes termos: i. A Entrevista será dirigida por um júri, constituído pelo Diretor ou pela Subdiretora e por dois docentes por ele designados. único sempre que estiverem a decorrer vários processos de seleção para o mesmo Grupo de Recrutamento ou para o mesmo tipo de necessidade, os candidatos comuns a cada um dos processos realizarão apenas uma entrevista. ii. Os candidatos, na Entrevista de Avaliação de Competências, serão avaliados nos seguintes itens: CURRÍCULO E EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Ponderação de 0 a 20 pontos: a. Formação Complementar na área de lecionação. (Ponderação de 5 pontos), distribuídos da seguinte forma: i. Doutoramento 5 pontos ii. Mestrado 4 pontos iii. Especialização 3 pontos b. Publicação de obra de caráter científico e/ ou pedagógico. (Ponderação de 3 pontos) c. Desempenho de cargos e funções técnico pedagógicas (diretor de turma, coordenador de estruturas educativas e corretor de provas de exame). (Ponderação de 3 pontos) d.dinamização e participação em projetos escolares e respetiva fundamentação. (Ponderação de 4 pontos) e. Experiência e/ou dinamização de ações promotoras de trabalho cooperativo e colaborativo docente. (Ponderação de 5 pontos) MOTIVAÇÃO E INTERESSE PARA O EXERCÍCIO DE FUNÇÕES A DESEMPENHAR Ponderação de 0 a 10 pontos a. Pertinência dos fundamentos da candidatura ( Ponderação 1 ponto) b) Apresentação de propostas de ação transversais e interdisciplinares ( Ponderação de 9 pontos) PERFIL DO CANDIDATO Ponderação de 0 a 20 pontos a. Capacidade de comunicação e autoavaliação ( Ponderação de 8 pontos) b. Capacidade de intervenção e níveis de assertividade na gestão de imprevistos e conflitos, ante a proposta de cenários reais ou hipotéticos (Ponderação de 7 pontos) c. Competência e disponibilidade para desenvolvimento de atividades / projetos, destinados à promoção do sucesso escolar (Ponderação de 5 pontos) m) À entrevista será atribuída uma classificação final expressa na escala de 0 a 50 pontos. n) Após a realização da entrevista, será afixada lista ordenada dos candidatos resultante da aplicação dos critérios legais estabelecidos, de acordo com o n.º 6 do art.º 39.º do Decreto Lei n.º 132/2012, de 27 de junho, designadamente: A graduação profissional nos termos do n.º 1 do artigo 11.º (Decreto Lei n.º132/2012, de 27 de junho) com a ponderação de 50 % e a Entrevista de avaliação de competências com a ponderação de 50 %. o) Será admitido o candidato que obtiver melhor pontuação pela aplicação dos critérios referidos na alínea anterior. p) Terminado o processo de seleção, será publicada na página web do agrupamento a lista final ordenada do concurso. q) A comunicação da colocação faz se através da aplicação referida em 1. r) A aceitação da colocação por parte do candidato a colocar faz se por via eletrónica no dia útil seguinte ao da comunicação referida no número anterior. s) Caso o candidato não aceite dentro desse prazo, fica a colocação automaticamente sem efeito. O Diretor (Manuel José Lima)
Search
Similar documents
View more...
Related Search
We Need Your Support
Thank you for visiting our website and your interest in our free products and services. We are nonprofit website to share and download documents. To the running of this website, we need your help to support us.

Thanks to everyone for your continued support.

No, Thanks